Mushi Sentai Slyranger - Layer 09

Aqui você pode falar sobre as séries nacionais como: Insector Sun, Mega Powers, Metal Blue, Blast Rangers, Defender e também postar as suas criações, os fan fics para que todos leiam e dêem suas opiniões, e suas Artes dos nossos heróis.

Moderador: Gato Felix

Avatar do usuário
FanficMaster
Membro
Membro
Mensagens: 79
Registrado em: 10 Set 2016, 18:32
Localização: Brasília - DF
Contato:

Mushi Sentai Slyranger - Layer 09

Mensagempor FanficMaster » 11 Ago 2017, 17:28

Soya! No capítulo anterior...
- Porque me trouxe com você? – Hironobu completava a pergunta enfim. – O-O que quer comigo afinal?
- O mesmo que quero com todos do Clã Mushi. – diz Takeru enfim. – Fazer com que sofram e sejam destruídos!
- N-Nos destruir? – o herói não entendia. – Porque? Afinal de contas, quem é você?
Takeru dá um soco no estomago de Hironobu e então começa a rir.
- É tudo culpa minha, culpa minha... - diz Akira em voz alta para si mesmo. - Se eu tivesse ficado, se eu não tivesse invocado Kabutoshin...
Yuu para na frente dele e o encara. Akira olha pra cima o olhando com lágrimas nos olhos. Yuu o levanta e dá um soco em sua cara novamente.
- Idiota! – gritava Yuu com Akira. Os outros tentam se aproximar para apartar a briga, mas a Dra.Marie intervém. – O que foi que eu te disse?! Recomponha-se!!
Akira continuava a olhar pra baixo, sem dizer nada. Apenas se culpando.
Akira observava atentamente quando Simas explicava que enviara um drone para auxiliar os Slyranger na busca por Hironobu, e então joga a imagem da luta no telão a frente deles. Os três Slyranger realmente não iam nada bem, estavam cercados por soldados Kallars.
- Mushi Ninpou: - ele diz concentrando sua energia na arma e saltando. – Kabuto Slash!
A imagem de asas como se o casco de um besouro tivesse se aberto aparecem e ele desfere um corte certeiro contra o inimigo que é lançado ainda mais para trás. Umbrekasu se levanta mais uma vez, mas agora cambaleante.
- D-Desgraçado, vai pagar! – o monstro indignado e correndo para um último ataque.
Ele retira a espada virando-se para os outros novamente enquanto Umbrekasu cai no chão e explode. RedKabuto se aproxima dos outros.
- Nós dávamos conta dele sem você. – dizia BlackKuwagatta empurrando a mão do herói que a estendia.

==============================//================================

- Hissatsu! - diziam os 4 em uníssono. - SHURIKEN FINAL STRIKE!
Kabuto Senin gira a enorme shuriken que se enchia de energia e a lança contra Umbrekasu. Os Mushishin disparam rajadas de energia nessa shuriken que parece ficar ainda maior ela gira atingindo o Vectoid que cai e explode. Kabuto Senin para em posição de vitória enquanto os outros Mushishin se mexiam comemorando. Quase que imediatamente, eles saltam pra fora dos MushiShin que desaparecem e então continuam a busca por Hironobu.
- Apesar da tentativa do Império Vector, os nossos heróis procuram incessantemente por toda a área, agora com Akira os ajudando. No entanto, uma pergunta além de onde Hironobu podia estar, permanecia em suas cabeças: Quem é Takeru, afinal e qual sua ligação com o clã Mushi?
ImagemImagemImagemImagem
Os Slyranger corriam de um lado para o outro no local do ataque e em volta procurando nas sombras para não chamarem a atenção de Takeru. Enquanto isso, Hironobu tentava se soltar aproveitando que Takeru parecia em um momento de meditação profunda.
Imagem
- Não adianta. – pensava Hironobu. – Esse lugar foi muito bem planejado... É a prova de qualquer técnica ninja. Afinal de contas, quem é esse cara?

Eles são guerreiros que lutam nas sombras... Guiados pelos Mushishin, os espíritos insetos... Eles são os ninjas insetos! Mushi Sentai Slyranger!
Abertura Oficial: https://youtu.be/wTm--zamhLw


Layer 09 – Truth and Betrayals

Hironobu continuava a se debater tentando livrar-se das correntes que o mantinham preso. Apesar de todo o barulho que aquilo estava causando, Takeru parecia concentrado na busca pela comunicação interior com seu Mushishin. Seu eu interior se via caminhando pelo dojô do clã Mushi.
Imagem
- Hm? – ele parecia confuso. – O que estou fazendo aqui? Isso é obra sua, KumoShin?
- Takeru, preste a atenção no treinamento. – diz uma voz que ele já não ouvia há algum tempo. Era um antigo amigo do passado dele: Jun.
Imagem
- O que está havendo aqui, afinal? – ele pensava calado observando o rapaz. – Como é possível que Jun esteja do meu lado? Será uma lembrança?
*- É mais do que uma lembrança.* – uma voz falava com Takeru em sua mente. – *É algo que você se esqueceu, Ninja Branco.*
- Algo que me esqueci? – ele indagava para a voz. – Do que está falando?
*- Da verdade.* – a voz respondia. – *Você precisa enxergar a verdade que não quer.*
- Não entendo. – ele dizia levantando-se no mesmo instante. – De que verdade está falando?
Um enorme clarão ofusca a visão de Takeru que agora se via em meio a um campo com algumas árvores e Jun encostado em suas costas.
- Takeru, o que está fazendo? – diz o rapaz segurando uma katana. – Isso não é hora pra ficar sonhando acordado!
Takeru olhava em volta e se via cercado de outros ninjas. Ninjas do seu próprio clã. Um deles ataca Takeru que se defende com a kunai.
- Porque? – ele mesmo dizia. – Porque atacam alguém do próprio clã? O que pretendem?
- Você gostaria de saber, não é mesmo? – diz uma voz feminina.
A ninja misteriosa joga ainda mais força sob ele no que um outro se aproximava por trás pronto para ataca-lo. Jun vê aquilo e então se livra dos outros ninjas indo pra cima do que iria atacar seu amigo. Os dois trocam alguns golpes, porém, o rapaz é atingido com uma espécie de gancho. Takeru vê aquilo e corre até o amigo enquanto que os outros apenas observavam. Ele segura Jun em seus braços.
- T-Takeru... – Jun dizia sentindo dor.
- Não! – Takeru chorava. – Jun! Meu amigo! Porque?! Porque me salvar?
- Tolo... – ele dizia com dificuldade. – Porque somos companheiros ninjas. É isso o que fazemos.
Takeru chorava observando a expressão de paz e felicidade em Jun.
- Takeru, meu amigo. Meu sonho era morrer em batalha ao seu lado, em seus braços.
- Jun... Não diga isso! Não, não... Eu... – ele olhava em volta como se procurando por algo. Jun agarra seu braço.
- Minha hora chegou, amigo. – dizia Jun quase sem forças. – Por favor, continue a trilhar... – ele reunia forças. – O caminho que escolheu.
Ele finalmente perde as forças e falece. Takeru o abraça forte e fecha seus olhos.
- Porque? – ele indaga os abrindo novamente. Agora estava em um fundo preto e vazio. em sua frente estava apenas a imagem de KumoShin. – Porque me fazer reviver esse dia tão terrível?
Imagem
*- Porque foi nesse momento que você desviou-se de seu caminho.* – respondia KumoShin telepaticamente. – *Você abandonou seu clã. Seus ensinamentos e caminho ninja. Tornou-se desonroso e indigno.*
- Indigno? – Takeru olhava para KumoShin com revolta. – Como abandonar o clã que nos traiu e nos atacou me fez indigno?
*- Você continua a se cegar diante do óbvio, não é mesmo?* – diz o Mushishin. – *Abra os seus olhos, Ninja branco! Somente assim eu me unirei a ti.*
- Abrir os meus olhos? – ele indaga. – Do que está falando? Seja claro!
*- Nunca houve uma conspiração do clã Mushi!* – respondia enfim o espírito. – *É isso que quero dizer!*
- Está mentindo! – dizia Takeru. – Mentindo!!! Eu vi os ninjas, eles usavam os uniformes do Clã Mushi!
*- Prepare-se, ninja branco!* – diz o Mushishin. – *O que está prestes a ver é a prova definitiva de que fora enganado esse tempo todo...*
Um enorme fogo começava a subir e cercar Takeru que se vê novamente em outro cenário. Dessa vez uma vila que ele nunca esteve. O rapaz olhava em volta tentando entender o que seu Mushishin queria lhe mostrar. Ele então vê os dois ninjas que os atacaram junto com outros, ainda trajando seus uniformes do clã Mushi. Eles incendiavam essa vila e então puxam seus uniformes revelando outro. O fogo impedia que Takeru visse seus rostos, mas por um breve momento ele vê o emblema de um escorpião em seus uniformes ninja. Ele não podia acreditar no que vira.
Tudo se apaga. O ninja branco volta ao cenário negro e vazio e KumoShin aparece novamente diante dele. O rapaz se joga de joelhos diante do Mushishin e abaixa a cabeça com um olhar perdido. Ele finalmente desperta de sua meditação e se aproxima de Hironobu.
- Você! – ele diz de forma agressiva e desesperada. – O que fez comigo?!
- E-Eu? – Hironobu parecia assustado, ele nunca tinha visto aquele olhar perdido em Takeru até então. – D-Do que está falando?
Takeru puxa sua kunai e a empunha. Por um instante, Hironobu perde as esperanças de sair dali com vida. Ele estava certo de que o ninja vilão iria mata-lo, mas ao invés disso, Takeru usa a Kunai para quebrar as correntes que o prendiam.
- Saia daqui. – diz Takeru para o rapaz. – Agora!
- O quê?! – Hironobu estava cada vez mais perdido. – Qual é o plano? Me fazer virar e me apunhalar pelas costas?
- O quê? – Takeru parecia realmente perdido e fora de realidade. – Vá de uma vez!
- Sinto muito. – diz Naito que aparecia atrás deles com alguns soldados Kallars. – Mas não posso permitir isso!
ImagemImagemImagem
- Você vai mesmo querer começar uma batalha contra mim? – Takeru dizia empunhando a Kunai contra Naito.
- Eu é quem lhe pergunto, WhiteKumo. – diz o vilão metálico. – Vai mesmo trair o Imperador? Mesmo depois de tudo o que ele lhe proporcionou?
Takeru parecia receoso. Sua cabeça estava uma confusão só, ele não sabia mais no que acreditar. Naito aproveita para ataca-lo, mas num impulso, Hironobu se põe à frente tomando a kunai da mão de Takeru e defendendo o ataque, o que o deixa surpreso.
Imagem
- Yasuhiko. – ele dizia surpreso. – Porquê?
- Bom, eu não sei o que está acontecendo aqui, mas no momento lhe deixar vivo parece a melhor opção. – o ninja verde diz ajeitando os óculos com a mão que estava livre. – Estou ferido e sem condições de lutar com meu total potencial, me pareceu mais lógico.
Takeru desfere um chute e alguns socos contra Naito e os Kallars, ele então segura Hironobu apoiando o braço direito do ninja verde em seus ombros e eles fogem de lá com uma técnica de velocidade ninja.
- Idiotas! – diz Naito puxando os Kallars e chutando a bunda de alguns. – Vão atrás deles!
Os Kallars assim como Naito saem correndo atrás deles. Takeru deixava armadilhas com suas aranhas explosivas pelo caminho até que finalmente conseguem parar e se esconder. Hironobu o encarava segurando as feridas causadas por Takeru que se vira e enrola uma faixa nelas.
- Você não precisa fazer isso. – diz Hironobu o encarando com raiva. – Fingir assim.
- Ainda acha que isso faz parte de algum plano, não é? – indaga Takeru. – Não o culpo. – ele se afasta olhando novamente se os Kallars e Naito se aproximavam. – Eu vou distraí-los, é a mim que eles querem agora, então aproveite pra fugir.
- Porque está me ajudando de repente? – indaga Hironobu. – O que aconteceu com você enquanto meditava?
- Eu... – Takeru parecia receoso, ele próprio não sabia dizer se o que tinha visto era real ou não. Tudo parecia muito confuso em sua mente naquele momento. – Entrei em contato com meu Mushishin, criamos nossa ligação. Yasuhiko... – ele olha pro ninja verde que pela primeira vez via uma expressão bondosa, uma completamente diferente da que Takeru havia mostrado esse tempo todo. Pela primeira vez, Hironobu parecia ver a verdadeira face de Takeru.
O momento é cortado com o aparecimento de Yuu, Naru, Lina e Akira. Takeru se arma em posição de defesa no que os outros puxam Hironobu dizendo para que o amigo se afastasse dele.
- Você está bem, Hironobu-kun? – perguntava Lina.
- Sim. Agora estou. – respondia Hironobu. – Pessoal...
Antes que Hironobu pudesse dizer qualquer coisa, Yuu e Akira partem pra cima de Takeru que defende os ataques dos dois com duas kunais e os três começam a disputar forças.
- Idiotas! – diz Takeru parecendo o velho Takeru de pouco tempo atrás. – O que pensam que estão fazendo?!
- Recuperando o nosso amigo! – diz Akira.
- Não deixaremos que faça o que bem entender mais! – dizia Yuu.
- Vocês são imbecis?! Eu tirei Hironobu das garras do Império Vector! Eu o trouxe até aqui!
- Pra cima de mim?! – diz Akira incrédulo. – Acha mesmo que vamos acreditar nisso?!
- Não há tempo pra isso! – insistia Takeru. – Saiam logo daqui com Yasuhiko!
- Pessoal, parem com isso! – diz Hironobu intervindo e se colocando entre eles. – Takeru está certo. Não sei exatamente o que houve, mas ele está diferente e realmente me soltou.
- Como é? – dizem os dois surpresos e parando.
Eles são atacados, mas desviam olhando na direção do ataque e se deparam com Naito e os Kallars.
- Encontramos vocês! – diz Naito. – Vai pagar muito caro por trair o Imperador Vector, WhiteKumo!
- Acha que tenho medo de vocês? – diz Takeru. – Sempre deixei claro que os usava, desde o começo idiota!
- Pessoal, vamos logo com isso! – ordenava Akira.
- Ok! – diziam os outros em uníssono. – SlyChange! – agora Akira se juntava ao coro.
- WebChange! – diz Takeru ativando o Spider Bracel.
Os cinco Slyranger são tomados por uma energia de luz, cada uma em sua respectiva cor. Essa luz se converte em um fundo e um uniforme ninja com detalhes dourados cobre seus corpos. A cabeça é revestida com um capacete que ganha uma placa dourada em forma de insetos diferentes para cada um, acima do visor. Takeru é revestido por uma energia que tomava a forma de um uniforme ninja, mas este era levemente diferente dos demais Slyranger. Além de branco com detalhes dourados, ele possuía uma proteção no peitoral e o lenço em seu pescoço era dourado. O visor era vermelho e acima surge uma placa dourada que lembrava uma aranha.
- BlackKuwagatta! - dizia o Preto movimentando os dedos rapidamente com a mão no centro, depois ele joga a mão e a perna direita para o lado e estica a mão e a perna esquerda para o outro – Yuu!
- YellowHachi! - dizia a Amarela batendo as duas mãos uma na outra e girando seu corpo em 360º, fazendo um V com os dedos próximo ao capacete – Lina!
- GreenMantis! - dizia o Verde levando as mãos à cabeça e dando dois soquinhos nela. Ele salta em seguida e para numa posição como se segurasse uma espada atrás – Hironobu!
- BlueChoo! - dizia a Azul encolhendo suas mãos próximas aos pés e dando um pequeno pulo, fazendo movimentos de ir e vir rapidamente com braços para os lados opostos um do outro – Naru!
- RedKabuto! - diz o vermelho instintivamente e movimentando os braços pra cima e depois os girando a 90º e os puxando para o centro – Akira!
- Imperceptíveis como insetos! - dizia Akira esticando a mão para cima e a fechando - Implacáveis como ninjas! - ele puxa a mão de volta para si - Mushi Sentai...
- Slyranger! - dizem os cinco em uníssono parando cada um numa pose ninja.
- WhiteKumo! – ele dizia movimentando os braços à frente e batendo no chão em seguida e fazendo uma pose. – Takeru!
ImagemImagemImagemImagemImagemImagem
- O que está fazendo? – diz RedKabuto.
- Essa luta é minha. – diz WhiteKumo. – Não preciso da ajuda de vocês.
- Não estamos te ajudando. – dizia BlackKuwagatta. – Vector é nosso inimigo.
- Hunf. Apenas não fiquem no meu caminho. – avisava o ninja branco.
Os seis partem pra cima dos soldados e de Naito juntos pela primeira vez. Green Mantis e Black Kuwagatta trocavam golpes contra alguns soldados assim como Blue Choo e Yellow Hachi. WhiteKumo enfrentava Naito com sua arma quando RedKabuto aparece segurando sua Kabuto Ken e se junta a ele.
- Se importa se eu me juntar a vocês? – indagava o herói vermelho.
- Eu disse para não intervir no meu caminho! – diz WhiteKumo empurrando Naito e indo pra cima de RedKabuto que defende os ataques.
- Não seja tolo! – diz RedKabuto. – Estamos do mesmo lado agora! Podemos derrota-lo juntos.
- Eu não estou do lado de ninguém! – insiste WhiteKumo parando o ataque. – Mas você tem razão. – ele para do lado do herói. – Talvez o atacarmos juntos seja mais efetivo.
- Temos uma trégua então? – perguntava RedKabuto.
- Por enquanto. – diz WhiteKumo.
Eles param de se enfrentar e então atacam Naito em conjunto. O vilão parecia realmente forte, mesmo que não estivesse sendo fácil ele ainda conseguia dar conta.
- Mushi Ninpou: Kabuto Slash! – diz RedKabuto partindo com tudo pra cima de Naito enquanto concentrava energia em sua arma e em seguida salta. A imagem de asas como se o casco de um besouro tivesse se abrindo aparecem e ele desfere um corte certeiro contra o vilão.
- Isso é tudo o que tem, besouro? – perguntava Naito ao segurar o ataque com a mão.
- Olhe de novo. – diz RedKabuto apontando para baixo.
Naito olha e vê WhiteKumo segurando sua arma apontada bem para o estômago do vilão.
- Mushi Ninpou: Spider Sting! – diz WhiteKumo disparando tiros contra o estômago de Naito que se afasta.
O vilão chega para trás no que os Kallars caem derrotados e desaparecendo próximo a ele. Naito não podia acreditar no que estava acontecendo ali, ele empunha sua espada e corre na direção dos nossos heróis. Com um rápido movimento, WhiteKumo pega a espada de RedKabuto e desfere alguns golpes contra o vilão que acaba largando a arma e parando virado de frente para os Slyranger que, num ataque combinado, derrotam o inimigo o fazendo explodir. Os heróis comemoram, mas não por muito tempo já que Naito acaba sendo revivido e se torna gigante. Os cinco invocam seus Mushishin e adentram eles.
- Pessoal, Naito não é como os Vectoids que já enfrentamos! – dizia RedKabuto. – Acho que é hora de tentarmos uma coisa nova.
- Está falando da Técnica Suprema? – indaga BlueChoo.
- Vamos nessa! – dizia Yellow Hachi empolgada.
- Pode ser fascinante. – comentava GreenMantis.
- Tsc. – diz BlackKuwagatta desagradado com a idéia. – Se não tem jeito.
Os cinco se concentram de forma a criar uma sintonia entre eles e seus Mushishin.

[b]KABUTOSHIN! KUWAGASHIN! HACHISHIN! MANTISSHIN! CHOOSHIN!
SLICING GATTAI DA!
[/b]

Os espíristos Mushi começam a se movimentar para a junção. Kabutoshin se movimenta de forma parecida como se fosse ativar o modo Sennin, porém, os braços e pernas não saem dos compartimentos. Kuwagashin toma a forma de um braço e se prende ao lado esquerdo de Kabutoshin. Hachishin faz o mesmo, porém se encaixando ao lado direito. A carcaça de Mantisshin se desprende das rodas e se encolhe formando a cintura do robô. As asas de Chooshin se desprendem no que o corpo se divide e toma a forma das pernas se encaixando ao restante do corpo. Os olhos de Kabuto Sennin brilham num tom verde enquanto a boca do robô ganha uma proteção e uma placa dourada surge acima dos olhos, completando a transformação.
Imagem
- OK! Mushi Slyjin! Saaaanjou! - Dizem os cinco em uníssono.
- Eles conseguiram! – dizia Dra.Marie agarrando Simas no que observava tudo pela tela na Base Dellux. – Apesar do treino interrompido com o sequestro de Hironobu, eles conseguiram!
- Sim! Eles se fundiram, é lindo demais! – dizia Simas enquanto era abraçado pela doutora. Ela logo percebe retomando a compostura.
Naito parte pra cima do robô sem falar nada. Ele cria copias de sua espada e as lança fazendo com que elas se tornem uma poderosa lança que atravessa Slyjin. A junção dos cinco se afasta em meio à faísca e então cria clones de si mesmo que partem pra cima de Naito no que soldados Kallars gigantes aparecem para ajuda-lo. Os soldados são derrotados e os clones se desfazem, no entanto, mais dois aparecem e o seguram cada um de um lado. Aproveitando a deixa, Naito ataca o robô com sua espada duas vezes passando pra trás do mecha e desferindo um terceiro em suas costas. O robô despeja faíscas no que anda pra frente. Naito se prepara para outro ataque, mas Slyjin puxa os dois soldados que são atingidos no lugar. As mãos do braço Kuwagatta se encolhem e Slyjin o ataca com as garras de besouro. Ele agarra Naito e o lança para o outro lado. Em seguida, o robô salta e o atinge com um chute duplo, mandando Naito para o chão novamente.
- Vamos acabar logo com isso! – comandava RedKabuto.
- Ok! – diziam todos. - HISSATSU! SLICING FINAL STRIKE!
O céu se fecha chamando a atenção e assustando Naito. Um trovão cai na mão de Slyjin convertendo-se em uma espada que é energizada pelo robô. Em seguida, ele corre na direção do inimigo desferindo golpes de cortes que formavam um “S”. Naito gira em 360º e se choca com o chão causando uma forte explosão. Slyjin para em posição de vitória. De volta à base Dellux, os nossos heróis comemoravam o retorno de Hironobu.
- Um salve a Hironobu-kun! – dizia Lina feliz em ver o amigo de volta.
Todos brindam e tomam um gole. O assunto era Takeru, todos indagavam sobre ele.
- O que ele queria com você, afinal? – perguntava Akira.
- Queria saber como controlar seu Mushishin. – dizia Hironobu. – Mas enquanto tentava falar com ele, alguma coisa aconteceu internamente. Ainda está tudo muito confuso e sem sentido.
- Se ao menos soubéssemos quem é ele... – dizia Lina confusa também.
Yuu e Naru se olhavam, eles ainda estavam encucados com relação a isso. Por mais que pensassem não conseguiam ver porque Takeru lhes era familiar.
- Ele realmente seria um ótimo aliado. – comentava Akira. – Mas enquanto lutávamos, ele fugiu.
- Pra onde será que Takeru foi? – se perguntava Hironobu.
Longe de lá, Takeru caminhava sobre uma pedreira. Ele parecia pensativo e confuso enquanto observava o por do sol.
つづく...

Encerramento: https://www.youtube.com/watch?v=Y5zj3dwNxJw

Enciclopédia da Dra.Marie
- Olá. – dizia a Dra.Marie olhando para a tela. – Vamos dar início ao nosso quadro com curiosidades do mundo dos insetos! Hoje falaremos sobre o Louva-a-deus rei!
Imagem
*São gigantes, e as fêmeas são maiores que os machos, podendo chegar a 13 centímetros;
*São nativos da Etiópia, Quênia, Malawi, Somália, Tanzânia e Uganda;
*Suas belas cores podem variar entre vermelho, branco, azul, roxo e preto;
*Assim como seus primos menores, eles são predadores, caçando e se alimentando de outros insetos;
*Geralmente ele fica estático, como um galho ou uma flor, na esperança de que algum outro inseto se aproxime e possa ser capturado;
*Esse inseto é muito procurado ao redor do mundo como animal de estimação, afinal ele é bem "exótico" mesmo, e com certeza é capaz de capturar a atenção de qualquer pessoa, mesmo aquelas que nunca deram muita atenção a insetos;
*Quando se sente ameaçado, ele se arma com sua pose intimidadora, tentando dissuadir qualquer predador que esteja pensando em devorá-lo;
Uma sombra chama a atenção de Marie que se levanta e se aproxima lentamente, ela puxa uma cortina e se depara com Simas usando roupas de flamenco e fazendo uma pose que lembrava o Louva-a-deus rei.
- Er... Oi doutora... – ele dizia um tanto sem graça.
Os dois ficam se olhando por um tempo até que a doutora finalmente diz:
- Eu não vou nem perguntar! - ela sai andando.
- Doutora, espera! - Simas saia atrás dela. - Eu me empolguei praticando. Doutora!

Soya! Preparem suas shurikens! Afiem suas Katanas! Nossa próxima missão é...
Com Takeru fora de cena e Naito derrotado, os Slyrangers parecem relaxados um pouco. No entanto, o segundo Shirei Mashou se apresenta aos nossos heróis e seu nome é Hellofaya. Layer 10 – The Journey Continues.

Voltar para “Tokusatsu NACIONAL, FANARTS e FANFICS”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 3 visitantes